top of page

Parceiros

image.png

A origem do Núcleo de Pesquisa sobre Políticas de Memória – NUPPOME se deu em maio de 2017, quando foram registrados, na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, os primeiros projetos institucionais do professor Carlos Artur Gallo.

 

Vinculado ao Instituto de Filosofia, Sociologia e Política (IFISP), no segundo semestre de 2018 o NUPPOME começa a ganhar fôlego e se estrutura em sua forma atual, reunindo em sua equipe, além do coordenador e estudantes de graduação em Ciências Sociais da UFPel que já vinham participando de projetos de pesquisa e ensino a ele alinhados, pesquisadores e pesquisadoras de outras IES do país e do exterior.

 

O NUPPOME tem como objetivo central realizar pesquisas e projetos promovendo o debate e a reflexão sobre as políticas de memória que foram e vem sendo criadas e implementadas em países que, como o Brasil e seus vizinhos do Cone Sul, passaram por experiências autoritárias como as ditaduras de Segurança Nacional instauradas no contexto da Guerra Fria.

 

Buscando identificar padrões, comparar as diferentes experiências existentes, bem como explicar por qual razão alguns países possuem maiores dificuldades de enfrentar seu passado autoritário, o núcleo se articula em torno das seguintes linhas de pesquisa:

- Políticas de Memória;

- Legados Autoritários e Qualidade da Democracia;

- Transições Políticas e Justiça de Transição

bottom of page